sê como o sol

Duvido que alguém tenha alguma vez conseguido comer as 12 passas ao ritmo das badaladas. Engoli-las, talvez. Engasgar-se brutalmente, com toda a certeza. Depois de uma tentativa muito mal sucedida por volta dos 7 anos, para a qual contribuiu (suspeito!) a garantia do meu pai que os desejos só se realizavam se eu comesse as passas em cima de um banco atrás da porta e com um pé levantado (temos o gene do british humour na família), este ano vou voltar a não comer as 12 passas. Mas...

Chego ao fim do ano e sinto que devo dar graças...
- ... pela má experiência de viver em Manchester e por esta me ter ensinado a descobrir um novo valor nos amigos e família.
... por ter tido coragem de pôr no compostor as ligações que já estavam meio decompostas de qualquer maneira.
- ... pelas pessoas novas que o ano me trouxe ou pelas que voltaram a entrar na minha vida: a Sandra, a Ana, a Sarah, o Nuno e a Paula, a Sónia, a Mónica, o Filipe, a Rita e a Mara, a Vera, a Anita...
- ... por poder partilhar a vida do Chantilly, um dos meus pequenos mestres Zen, desde a sua beleza perfeita até à sua maneira de ser um pequeno Deus de 4 patas que nunca sonharia sequer que poderia ser outra coisa.
-... pelas respostas que encontrei ou me encontraram
-... por acabar o ano com o dobro das perguntas às respostas que me encontraram

Cada vez mais me convenço de que não há riqueza senão a interior e não há amor senão o universal. Que ser "bom" ou "fazer a coisa certa" valem por si próprios e não pelos resultados. E valem mais para quem os faz. "Ser bom" ou "correcto", atitudes que derivam naturalmente de se amar cada parte infinitesimal do Mundo, soma-se à quantidade de bem nesse Mundo mas eleva exponencialmente o calor que temos no coração. Sermos um veículo do bem desinteressado a cada segundo acaba por ser um paradoxo tal é o ganho pessoal e o crescimento interior que daí se tiram...
Acabo 2007 convencida de que o meu caminho é ser como o sol. Brilhar mesmo que não tenha nenhum objecto sobre que o fazer.

Abraço********

1 comentários:

anaeugenio disse...

que bom que espreguiçaste os teus raios solares :) o teu sol é bem-vindo. um grande saravá para 2008 ;)