Porque não?

na Praça Carlos Alberto, no Porto

Quando estava em Manchester um colega fez questão de me emprestar o livro "Why People Hate America". Eu li a introdução e fiquei por aí. O livro não respondia à pergunta, antes dava uma lista de razões para o fazer, e deveria chamar-se "Why People should Hate America". Para mim, os USA e os americanos são uma coisa demasiado abrangente para me suscitar qualquer tipo de sentimento definido. OK, gostava de ir ao Grand Canyon. E já conheci uma texana que me ensinou a cozinhar o fungo quorn, a alternativa proteica mais saudável para os vegetarianos.

Aplica-se agora mais do que nunca citar uma rapariga que ilumina os dias dos que a conhecem. A Ana:

«como é que alguém pode pensar que é boa pessoa quando só vê mal nas acções alheias? como é que alguém pode pensar que é boa pessoa quando pensa que é uma vítima? como é que alguém pode pensar que há bondade na sua incapacidade de ver o que há de bom em cada um?»

3 comentários:

odecrescimento disse...

Ola! Não é que discorde das tuas afirmações, mas queria salientar que, para mim, essa frase no muro é para ser vista como uma ironia. A ideia é sublinhar o que os dirigentes americanos andam a fazer noutros países. E não é propriamente uma mensagem de apoio ao povo americano.
boa continuação

alf disse...

Essa frase está muito certa; mas ponho-te uma questão: como é que as pessoas chegam ao estado de pensarem assim?

Tenho uma resposta: falta de autoestima, falta de se sentirem amadas. Convém ter isso presente quando lidamos com pessoas nesse estado porque o que fizermos deverá contribuir para melhorar a autoestima dessa pessoa, embora lhe possamos "dar na cabeça".

Em relação aos americanos... há quem diga que nada é tão forte como a inveja... além disso as pessoas precisam de causas para se sentirem úteis, para refazerem a sua baixa autoestima; ora dada dá tanta pica como ser contra o mais forte!

Teresa Teles de Almeida disse...

Olá,

Gostaria de saber se me poderia explicar como se cozinha o fungo quorn?

Obrigada.

Teresa Almeida
teresa_3d@msn.com