Uma jóia de bicho


(Sob a pena de este blog se converter num desfile de bichos arrepiantes, vou continuar com a minha lista de animais-que-não-fugiram-suficientemente-rápido-da-máquina-fotográfica.)

....Este é um Chrysochus cobaltinus - um escaravelho minorca que se alimenta de folhas e que vive (quando o deixam) nos USA. Como é um bicho muito fashion (vê-se logo pela cor do casaco) a globalização leva-o de um lado para o outro num instante e este pequenito foi fotografado numa visita que fiz com o Hélio à Casa das Borboletas em Estocolmo, no tempo que estive a estagiar na Suécia.
As meninas desta espécie aproveitam-se da sua beleza natural para serem fertilizadas pelo maior número de machos possível quando estão receptivas (a chamada poliandria), e já muita gente queimou as pestanas a estudar porquê tanta promiscuidade, se não lhes bastava um, suas malucas. Chegaram à conclusão que quanto maior o harém, maior o número de ovos que elas conseguem pôr sem custos para a sua longevidade (sim porque caso geral, quanto mais filhotes mais cedo os animais vão para o paraíso das 4 patas, no caso destes 6), ou seja a galderice é um comportamento que garante que a espécie se propaga. Agora nada de usar isto como desculpa a menos que sejam um escaravelho verde metálico com 6 patas e 2 antenas.
Para os interessados na ecologia evolutiva do bicho, está aqui um artigo.

2 comentários:

H K Merton disse...

Uma jóia viva. Maravilhoso! A natureza nunca deixa de me encantar. Amei este espaço, estou adicionando aos meus favoritos.

Forte abraço!

Ah! e antes que eu me esqueça: Os gatos são demais!

Isabel Mar disse...

adorei... tens uma maneira mesmo gira de escrever. Vou fazer um link para o meu. obrigada pela visita ao meu blog : )fico feliz por teres gostado... vamo-nos seguindo uma à outra, comentei o teu comentário lol